Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unesc.net/handle/1/7934
Título: Percepções de mulheres da região Sul de Santa Catarina sobre o papel da doula
Autor(es): Amorim, Manuela Pires
Orientador(es): Fernandes, Fernanda de Souza
Palavras-chave: Doulas
Parto (Obstetrícia) Assistência à gestante
Puerpério
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Psicólogo no curso de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC.
Resumo: Prestar assistência à mulher gestante, parturiente e puérpera, caracteriza-se como função pertencente ao trabalho da doula. O objetivo desse estudo consistiu em compreender quais as percepções de mulheres sobre o papel da doula, durante sua gestação, parto e puerpério. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, por meio do CAAE 15969119.8.0000.0119. Participaram desse estudo seis mulheres, com faixa etária entre 21 e 40 anos. Realizou-se a pesquisa por meio de uma entrevista semiestruturada. O discurso das participantes foi analisado em cinco categorias de análise, denominadas: Motivos pelos quais a doula é contratada; Colaborações da doula no período gravídico-puerperal; Período mais significativo do acompanhamento; Potencialidades e dificuldades do acompanhamento; e Indicação do trabalho da doula. Concluiu-se que, na percepção das mulheres, o acompanhamento da doula demonstrou-se satisfatório, tornando a experiência da gestação, parto e puerpério amplamente natural e/ou humanizada, saudável e positiva.
Idioma: Português (Brasil)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Data da publicação: Dez-2019
URI: http://repositorio.unesc.net/handle/1/7934
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (PSI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Manuela Pires Amorim.pdfTCC543,15 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.